Adesvio de borboleta entre as cordas vocais

Caso de remoção

Um adesivo plástico em forma de borboleta ficou preso entre as cordas vocais de uma criança pequena.[Ref:9] Isto causou uma voz e choro fraco; ruído respiratório bifásico; e uma tosse de cachorro (parecido com uma crupe). O adesivo foi removido com uma pinça com um pequeno sangramento do tecido inflamatório criado pelo corpo estranho. Este tipo de tecido inflamatório regride rapidamente quando o corpo estranho é removido.

Adesivos são corpos estranhos transglóticos relativamente comuns. Problemas parecidos já foram ocasionados por raspas de lapis, pedaços de casca de ovo e fragmento destacado de embalagens plásticas de ketchup.

Você sabia?!

Na União Européia a cada ano aproximadamente 20 crianças (até 14 anos) morrem por engasgo com um brinquedo.[Ref:34]

Referencias