Espinhos de peixe

Corpo estranho

Espinhos de peixe são o corpo estranho que mais frequentmente se aloja na garganta. Antes de comer o peixe remova os espinhos quando possível. Use a língua para verificar se não há espinhos a cada deglutição. O mesmo se aplica aos ossos de aves, especialmente sopa com pedaços de frango.

Um espinho de peixe ou osso de frango que fica entalado na garganta causa uma forte e localizada dor que irradia para o ouvido do mesmo lado a cada deglutição. Se a dor passar em algumas horas então provavelmente o osso causou apenas um arranhão. Se a dor persistir sera necessário atendimento medico urgente.

Aqui está um noticiário de uma evolução rara mas que provavelmente poderia ter sido evitada se o paciente tivesse procurado o hospital antes.

Esta não foi a primeira vez que o espinho de peixe saiu do esôfago e eventualmente (depois de meses e até anos) migrou para o coração e pulmão.

Ao longo dos anos epinhos de peixe mataram inúmeras pessoas. Algumas referência históricas foram resgatadas.

1. O Dr. Chevalier Jackson encontrou essa passagem que acredita ter vindo dos tempo antigos:

Aquele sobre a pira…
…riu, amou e viveu, viveu bem a vida.
E então veio – quem sabe?…
Uma picada de cobra, uma meia vida de raiva,
Uma pimenta, um espinho de peixe ou uma telha caída,
E a vida acabou e o homem morreu.

– trecho de “Luz da Asia”, Livro III de Edward Arnold publicado em 1879; o motorista da carruagem, Channa, falando ao histórico Buddha, Príncipe Gautama (A. C. 563-483)

2. No século 4 AD, São Blaise, um medico armênio que se tornou bispo, aparentemente salvou a vida de uma criança que engasgou com um espinho de peixe.

Você sabia?!

Na União Européia a cada ano aproximadamente 2,000 crianças (até 14 anos) engasgam com um brinquedo.[Ref:34]